ROI: o fantasma do Social Media Marketing

Social Media

roi social media Qualquer um ser aborrece com o tema que dá nome a este post: o maldito ROI dos projetos de Social Media. Se ROI sim, se ROI não, se não se pode medir, se o que existe é muito medo, se o ROI não serve para isto…

En Territorio temos um lema: não somente há que se medir o ROI, como também há que se desconfiar de quem não quer medi-lo . E ainda que anos atrás, temos opinado outra cosa, agora temos claro que o ROI pode ser medido. Essa é a boa notícia. A ruim é que isso não é fácil, muito dos benefícios são inatingíveis e não podem ser quantificados e, principalmente, pode ser que em alguns casos a cifra não saia, que o retorno venha de depois de vários anos do investimento realizado, o que assustará muitas empresas.

Amanhã participarei dum evento que organiza a Cámara de Bilbao, meu objetivo é convencer empresas de qualquer tamanho que é possível medir o sucesso dos projetos de Social Media Marketing,e que há muitos casos de êxito espanhóis que comprovam que o investimento vale a pena.

Ainda que tenha em mente alguns dos exemplos que utilizarei, eu gostaria de pedir para que vocês me soprassem outros casos espanhóis – de pequenas e grandes empresas – que vocês acreditam poder ilustrar esse sucesso. Porém, preciso de algum dado para reforçar essa mensagem. Resultados, lucros, benefícios… Imagino alguns exemplos que ilustrem coisas assim:

  • Lançamos uma pesquisa sobre o produto ou setor em que nos movemos, a partir de nosso blog, nos apoiando no Twitter e LinkedIn, e conseguimos X% de respostas, economizando em publicidade para conseguir respostas, ou em pesquisas por outros meios, mais de X mil euros.

  • Através de nosso blog, conseguimos mais de X clientes diretos..
  • Nossa presença em meios sociais e as ações de networking associadas nos reportaram 30% do volume de negócio de nossa empresa em 2009.
  • Através do Twitter e do Facebook, enchemos um evento com 50 pessoas, o que, em outras ocasiões, teria nos custado X euros para conseguir.
  • Graças ao nosso blog, escrevemos periodicamente em uma revista e obtemos mensalmente X reservas em nossa casa rural.
  • Medimos os cliques no Twitter, através de bit.ly, e economizamos 450 euros em AdWords.
  • Através das redes sociais, contratamos uma pessoa e economizados X mil euros em um processo de seleção.
  • Nossa campanha em mídias sociais nos permitiu economizar dois terços do orçamento de publicidade e multiplicar por 9 os resultados que conseguimos no ano anterior com os meios tradicionais.

Agradecerei muito se deixarem sugestões com algum link nos comentários, e algum número que ilustre o sucesso, ou que enviem diretamente um e-mail para “abladias arroba gmail punto com”. Prometo publicar a apresentação aqui mesmo, assim que estiver pronta.

Obrigado.

Menú