Posicionamento móvel: SEO em App Store e em Markets

Buscadores

SEO para App Store e Markets, promoção de apps… não há muita bibliografia sobre o assunto, mas por algum lado temos que começar. Este post é uma reflexão em voz alta sobre um mercado em plena expansão. Até agora conhecíamos as estratégias de SEO para redes sociais, mas também podemos fazer posicionamento para Markets como a App Store ou o Market do Android.

Ambos coincidem com uma boa seleção de keywords, boa redação da descrição dos seus aplicativos e, obviamente, no download que oferece seus apps. Isso quer dizer que posicionamento não é só pra web. É muito importante poder entrar no Top 10 ou Top 25 da App Store. É evidente que repete o esquema de resultados em buscadores e como tudo nesta vida, há várias maneiras para estar no ranking.

No mundo SEO conhecemos técnicas como black hat SEO e white hat SEO. Há quem pague por links, pelo intercâmbio de links e por link building e há quem não porque confia mais em fazer um bom link wheel e usa os blogs dos influenciadores para ir aos poucos, criando uma relação com os bloggers.

Mas no final das contas, estão usando técnicas não muito éticas, ainda que sejam rápidas na obtenção do que se quer, no mínimo tempo possível. Atualmente os desenvolvedores em iOs, Android, BB e empresas de desenvolvimento investem uma parte muito elevada do seu capital em tecnologia e outra muito inferior – quando o fazem – na promoção da ideia.

A maioria das empresas de desenvolvimento são reprovadas pela sua campanha de comunicação promocional online e móvel. É um mercado em crescimento a explorar, portanto, desenvolvedores e empresas de desenvolvimento de apps que sabem que seu aplicativo é uma boa ideia, lembrem-se que devem fazê-lo bem e promovê-lo! De que adianta ter o melhor app para “lista de compras” se não há quem possa encontrá-lo na App Store, se não o promove nem nos espaços online nem offline adequados ao target que potencialmente faria seu download?

Rastreamento de críticas, queixas e identificação de influenciadores

Quando lançamos ao mercado um novo app devemos conhecer muito bem o setor e não só o do nosso próprio aplicativo. Devemos saber quem são os nossos potenciais usuários, que serviços adhoc utilizam, que opinam de outros apps similares (tanto do mesmo Market como de outro). Mas o Plano de Comunicação não se completa ao “difundir meu app entre os usuários”, há muitos mais públicos. Façamos um esforço em grupo para que entre todos consigamos que o app seja baixado, testado, votado, valorizado, etc.

Há empresas especializadas em download de apps em App Store. Você pode decidir como investir os seus recursos, se quer pagar por uma campanha de comunicação que segmente o seu público, que faça um mapa de públicos, comunidades, influenciadores e líderes de opinião por públicos. Só então, com base nos seus objetivos, estabeleça a relação com o seu público.

Minha recomendação pessoal: se você está lançando um aplicativo faça um estudo da marca e do ambiente, monitore inicialmente com base numa lista de keywords específicas “negócio, marca, concorrência”, crie um relatório de resultados e descubra que feedbacks te dão outros departamentos relevantes… aqui a transversalidade ganha mais sentido que nunca.

Quando tenha toda essa informação lembre-se de elaborar seu mapa de públicos, temáticas de setor, riscos legais e de reputação de outros apps. Apresente isso aos chefes de departamentos e à diretoria e decida qual é a presença pública que melhor te convém e quem será o portavoz (on e off) da empresa. Como em qualquer etapa de nossas vidas haverá momentos de sociabilização que nos ajudarão a ter contatos, estabelecer colaborações e, inclusive, a criar relações online com bloggers que falem sobre seu projeto e o recomendem.

Uma vez definidos os públicos, objetivos e estratégia com cada um deles, desenvolva seu plano de atuação na rede e nos espaços de conversação que deve ter, começando pelas mensagens e pelos feedbacks que receba sobre o app.

Se você acha que esse processo é trabalhoso, não está equivocado, mas isso significará 50% do sucesso do seu aplicativo. Pergunte-se: por que escolherão meu app? É possível que você não tenha ficado nada convencido e prefira investir sua verba ou parte dela apenas para ter visibilidade máxima em App Store e nas listas de ranking de aplicativos por download.

Top 25 App Store e Markets não é sempre uma garantia

O Top 25 se baseia na popularidade, nos downloads e… já há empresas que são pagas por downloads que queira ter. Ético? Bom…questionável. Eficácia para conseguir uma maior número de usuários? Garantida.

Obviamente é preciso pensar mais do que no curto prazo. Se seu app é ruim, então esqueça de conseguir algo mais que downloads… Talvez obtenha mais receita através dos downloads, mas é importante que saiba que apesar de ter muita verba, se usar uma má práxis sua reputação pode ser comprometida na mesma proporção que o aumento de más experiências que tenham os seus usuários.

Apple penaliza? Parece que ainda não está muito posta nisso, embora existam casos nos que sim, por exemplo, esta penalização em Apple Store.

Atualmente acredito que pelo que a maioria dos apps seria reprovado seria pelas suas campanhas de comunicação promocional online e móvel. É um mercado em crescimento a ser explorado, portanto, desenvolvedores e empresas de programação: saibam que seu aplicativo é uma boa ideia, lembrem-se que terão que fazê-lo bem e promovê-lo.

 

Aqui há um artigo sobre como melhorar o SEO nos nossos Markets.

Menú